quinta-feira, dezembro 15, 2005

Batendo


Se alguém bater um dia à tua porta







Se alguém bater à tua porta,
Dizendo que é um emissario meu,
Não acredites, nem que seja eu;
Que o meu vaidoso orgulho não comporta
Bater à porta irreal do céu.

Mas se, naturalmente, e sem ouvir
Alguem bater, fores à porta abrir
E encontrares alguem como que à espera
De ousar bater, meditar um pouco. Esse era
Meu emissário e eu e o que comporta
O meu orgulho do que desespera.
Abre a quem não bater à tua porta!


Fernando Pessoa

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home